Implantodontia

Tem alguma dúvida sobre implante dentário? Aqui na Odontologia Wolcoff você conta com os melhores profissionais em implantodontia e outras áreas.

Quero Agendar

Implantodontia

Sabemos da importância de ter um sorriso bonito: manter a saúde bucal em dia, com dentes saudáveis e alinhados, garante uma melhor autoestima e segurança ao falar com as pessoas. Afinal, quem não se encanta com um sorriso saudável? Além da questão estética, a saúde bucal envolve a saúde geral do paciente: a perda de um ou mais dentes afeta a mastigação e a fala. Por esses motivos, é tão importante investir na saúde dos dentes, visitando o dentista regularmente e seguindo os tratamentos necessários. Um dos tratamentos mais utilizados atualmente em casos de perda dentária são os implantes dentários. Abaixo vamos explicar mais sobre essa área da odontologia: a implantodontia.

O que é a implantodontia

Como dissemos acima, a implantodontia é uma especialização da odontologia relacionada à utilização dos implantes dentários. Se antigamente a solução para a perda de dentes eram somente as próteses (saiba mais sobre elas aqui), atualmente a odontologia abriu seu leque de opções de tratamento. O objetivo da implantodontia é o reestabelecimento das funções normais de mastigação e fala, além da recuperação da autoestima do paciente.

O que são os implantes dentais

Os implantes dentários são cilindros de titânio (material biocompatível, ou seja, não é rejeitado pelo organismo) que são colocados cirurgicamente nos ossos maxilar e mandíbula (arcadas superior e inferior). Os implantes têm o objetivo de substituir as raízes dentárias – presas a eles estarão as próteses dentárias fixas. O conjunto implante + prótese substituirá os dentes perdidos de maneira permanente e fixa, de forma que o paciente pode levar uma vida normal como se tivesse os dentes naturais.

Como são colocados os implantes

Antes de realizar um implante, o profissional especializado em implantodontia faz uma minuciosa avaliação do paciente, incluído o histórico e seu estado de saúde atual. Exames de imagem, como as radiografias e tomografias, auxiliam nesse processo, pois como o implante é fixado no osso, é importante verificar as condições ósseas do paciente. Após toda a avaliação, o implantodontista define o melhor tipo de implante para aquele paciente, já que existem de vários tamanhos e medidas, específicos para cada caso. Ou seja, o atendimento deve ser individualizado para as necessidades e a anatomia de cada paciente.

O processo de implante é constituído de duas etapas distintas:

Etapa cirúrgica: é a etapa da colocação do implante nos ossos. É realizada por meio de cirurgia, na qual o implante (que é uma espécie de parafuso) é instalado com o auxílio de brocas – logo em seguida são dados alguns pontos no local. Após a colocação da peça, é necessário um tempo de espera (normalmente de 4 a 6 meses), no qual haverá a integração entre o tecido ósseo vivo e o implante – uma “cicatrização” da área afetada. Este período é importante pois a formação deste novo tecido é o que garante a segurança na alimentação e fala, sem que o implante e a prótese mudem de lugar. O procedimento pode provocar certo desconforto, mas não deve causar dor ao paciente: para isso, o profissional conta com o auxílio de anestésicos locais e, em alguns casos, a sedação consciente com óxido nitroso pode ser de grande utilidade (Saiba mais sobre sedação aqui).

Etapa protética: após o período de cicatrização, é realizada a fixação da prótese sobre o implante, que pode ser parafusada ou cimentada. A prótese é confeccionada pelo profissional protético por meio de moldes, por isso é fundamental um bom trabalho em conjunto entre o implantodontista e o protético. Em alguns casos, a prótese é colocada logo após o implante, o que é chamado de carga imediata.
Existem casos em que, junto com a perda do dente, há também perda óssea. Como o implante é fixado no osso, nestes casos é indicado o procedimento de enxerto ósseo previamente à colocação do implante. O enxerto ósseo consiste na aplicação de fragmentos ósseos (que podem ser de origem do próprio paciente, de um doador ou mesmo sintética) para reparar um dano. O enxerto ósseo é um procedimento relativamente simples, sendo realizado em consultório.

Vantagens do implante dental

  • É um procedimento rápido e indolor;
  • A capacidade de mastigação é muito próxima dos dentes naturais, mantendo assim o processo digestivo eficiente;
  • Atualmente, com a evolução dos tratamentos, a utilização de implantes é altamente seguro, com grandes índices de sucesso;
  • O uso de implantes promove uma estabilidade da arcada dentária, sem chances de deslocamento da prótese;
  • Não há limite de idade para a instalação dos implantes: idosos costumam responder muito bem ao tratamento, mesmo que realizado após muito tempo do uso de dentaduras e pontes;
  • É um tratamento definitivo: o enxerto e o implante duram a vida toda e as próteses são trocadas em grandes intervalos de tempo;
  • Pode ser utilizado em casos de perda de um ou até mesmo todos os dentes;
  • A utilização de implantes não danifica outros dentes;
  • A colocação do implante preserva o osso alveolar, evitando a reabsorção óssea;
  • A sensibilidade e o sabor dos alimentos são preservados, assim como a segurança em comer alimentos mais tenros, como maçã;
  • Devolvem a qualidade de vida, autoestima e as funções normais de mastigação e fala.
  • Desvantagens do uso de implantes

    Antigamente, a única desvantagem da colocação de implante dental era em relação ao custo. Com o desenvolvimento de novas técnicas e tecnologias, o procedimento se tornou mais acessível e mais rápido, constituindo uma excelente opção nos casos de perda de dente.

    Cuidados após a colocação de implante dental

  • Logo após a cirurgia de implante dental é importante o uso de compressas geladas;
  • Alimentos líquidos e gelados são indicados nos primeiros dias também; em um segundo momento, a dieta passa a ser pastosa e macia, ainda que gelada ou em temperatura ambiente;
  • A higienização é fundamental: o profissional irá orientar quanto a escovação e uso de enxaguantes;
  • Algumas medicações podem ser necessárias; é importante seguir à risca as orientações do implantodontista;
  • A periodicidade das consultas de manutenção também deve ser seguida à risca – esse é um dos fatores que determina o sucesso do tratamento;
  • Não se deve fumar ou ingerir bebidas alcoolicas durante o pós operatório e nem após a colocação da prótese. O tabagismo é contraindicado em qualquer fase do tratamento;
  • É importante evitar hábitos nocivos como roer unhas, canetas e outros objetos.
  • O implante dental é uma excelente opção para a reabilitação oral em casos de perda de dentes: é um processo seguro, da alta durabilidade e excelente benefício. Porém, depende de um bom planejamento e trabalho do profissional, por isso é importante tirar todas as dúvidas e conhecer tudo sobre o tratamento.

    Aqui na Odontologia Wolcoff você conta com os melhores profissionais em implantodontia, além de alta tecnologia: para que seu implante seja um sucesso, associamos a técnica cirúrgica com aplicação de PRF - plasma rico em fibrina (saiba mais aqui). Utilizando as melhores propriedades do seu sangue, obtemos melhores resultados na sua cirurgia. Agende aqui sua consulta e invista na sua saúde bucal de forma confiável e com qualidade.


    Agende uma consulta, ligue: 41 3206.4241

    AGENDAR
    Agende seu horário
    Enviar via WhatsApp